óleo

Significado e definição

Líquido gorduroso, untosomais ou menos inflamável que se extrai de diversas substâncias, principalmente vegetais ou animais. Quím. Substância que, sendo líquida à temperatura ordinária, apresenta uma viscosidade elevada e é em geral insolúvel na água; esta designação é também aplicada a diferentes grupos de substâncias sem qualquer afinidade de composição. Designação de várias árvores silvestres brasileiras, de boa madeira, para vários usos. O mesmo que petróleo. Perfume que se obtém fazendo macerar flores em óleo refinado. Fig. Protecção, inspiração divina. A óleo, processo de pintura em que se aplicam tintas preparadas com óleo. Oleo-barâo, designação atribuída em S. Tomé a árvore da família das Gutíferas, subfamília das clusióideas, tribo das moronobéeas, cuja madeira é muito útil para construções. Óleo-branco, planta brasileira, também chamada copaíba-verdadeira. Óleo-cabureíba, certa árvore leguminosa do Brasil. 1Óleo-comumbá, árvore leguminosa do Brasil. 1Óleo de anilina, anilina bruta, usada na indústria de corantes sintéticos. 1Óleo-de-batata, nome popular do álcool amílico. |l Óleo-de-jataí, o mesmo que guarabu. 1Óleo-de-mamona, o mesmo que óleo de rícino1Óleo-de-macaco, planta brasileira, também chamada cabriúva-do-campo. 1Óleo-de-mocóf certa árvore da Amazónia. 1Óleo de tungue, óleo vegetal secativo, também chamado óleo de madeira-da-china, obtido por pressão ou esgotamento a partir de sementes de Aleuritis fordii Forst, euforbiácea espontânea na China e Japão, também cultivada noutras regiões (Florida, Argentina, etc. ). 1Óleo-de-vitríolo, nome popular do ácido sulfúrico. 1Óleo-essencial, o mesmo que óleo-volátil. Óleo-fixo, o que não se volatiliza facilmente. 2Óleo-gordof óleo fixo que contém muitas substâncias gordas. Mistura secante feita de óleo-de-linhaça, alvaiade, talco, etc. 2Óleo-humano, untura ou gordura que outrora se usou na confecção de cataplasmas para o peito dos tísicos e que os curandeiros diziam ser composto de gorduras humanas, especialmente de crianças de peito adrede furtadas e mortas para obter o emplastro. 2Óleo-pardo, designação brasileira de árvore da família das Leguminosas, subfamília das papilionadas, tribo das sofóreas, produtora de boa madeira pardo-clara com manchas escuras e amareladas, empregada em marcenaria, tornos, construção civil e naval; produz uma resina aromática e uma essência designada cabureíba; é também conhecida pelo nome de jataúba. 2Óleo-vermelho, designação brasileira de árvore da família das Leguminosas, subfamília das papilionadas, tribo das sofóreas, produtora de boa madeira, com o cerne vermelho-claro com manchas mais escuras, empregadas em marcenaria, tornos, esteios, vigas, etc. ; produz uma resina, a que são atribuídas propriedades medicinais; o mesmo nome é, segundo Hoehne, atribuído à Myroxylon tolvifera, que dá o bálsamo-de-tolu. Árvore leguminosa do Brasil (Myroxylon peruiferum L. F. ), também conhecida por bálsamo em Minas Gerais. 2Planta leguminosa brasileira (Myrospermum erythroxylum L. F. ). 2Óleos alimentares, os que se usam na alimentação humana, especialmente o azeite e o óleo de amendoim. 2Óleos animais, os extraídos dos tecidos de reservas (gordura da baleia), do fígado (bacalhau), na derme (boi), nas cartilagens e nas articulações. 2Óleos essenciais, líquidos oleaginosos extraídos das pétalas de certas flores, de certas sementes, da casca, do caule e da raiz de certas plantas, os quais não são corpos gordos como o óleo ordinário. 2Óleos medicinais, aqueles que se empregam em terapêutica, interna ou externamente, como o óleo de amêndoas doces e óleo de fígado de bacalhau. 30. Óleos minerais, o petróleo bruto e os óleos leves ou pesados que dele se extraem por destilação; o óleo de xisto, proveniente dos betumes, e óleo de parafina, proveniente da parafina que se extrai do petróleo. 3Óleos vegetais, os que existem na polpa do fruto (azeitona), no pericarpo (pamiste), nas sementes (colza, amendoim, amêndoa doce e amarga) ou no caule (pinheiro). 3Óleo-volátil, o que se volatiliza facilmente; óleo-essencial. 3Os santos óleos, os óleos consagrados e usados na Igreja na administração de alguns sacramentos, sagrações e bênçãos, são todos de azeite de oliveira, excepto o crisma, em que há mistura de bálsamo. São três: santo crisma, óleo dos catecúmenos e óleo dos enfermos; a bênção é feita pelo bispo em Quinta-Feira Santa. 3Obs. Não confundir com ólio..

Classe gramatical

substantivo

Palavras sinónimas

azeite
azeite, cachaça, essência, gordura, lubrificante, oleoso, unção, unto, virtude,pl. crisma

( Mais detalhes em Página de sinónimos de óleo )

Mais sobre óleo

outra informação:

Nenhum texto adicional

etimologia:

-

Combinação de letras:

oole,   oleo,   oleo

Palavra ao reverso:

oelo

caracteres:

total letras = 4, vogais = 3, consoantes = 1


representação hexadecimal:

6f6c656f


Editar 30242